Curiosidades

A importância da colheita

26 novembro 2018
  • 2408 visualizações
  • 2 comentários

Você sabe o que é vindima? Esse nome diferente é um dos mais importantes processos da vitivinicultura: a colheita das uvas.

A colheita, ou vindima, das uvas é uma decisão tomada pelo enólogo junto com o viticultor, quando mal efetuada interfere diretamente na conservação e na qualidade das uvas e, consequentemente, dos vinhos. Para definir o momento ideal da colheita, é preciso conhecer bem a uva, seu grau de maturação, suas características e o terroir onde está cultivada.

Primeiramente, é necessário medir o teor de açúcar das uvas para, então, estabelecer o grau alcoólico que o vinho terá – para cada grau de álcool, deve haver 17 gramas de açúcar. Em seguida, o enólogo e o viticultor já conseguem prever a melhor época para a colheita, acompanhando constantemente a concentração dos açúcares e dos ácidos nas uvas, que precisam se manter equilibrados.

O tipo de colheita que irá ser praticado é uma decisão do produtor, mas também depende de alguns fatores, como o tipo de terreno local (plano, relevo), a quantidade de vinho que se quer produzir e até o perfil do produto.

Dica de leitura:  Os inimigos da conservação do vinho

A colheita manual é muito praticada em locais com relevos mais acidentados, e muitos produtores também a executam em vinhos com produção limitada, em vinhedos de parcelas únicas, vinhas velhas. Já a colheita mecânica é mais utilizada em hectares mais extensos e planos, em produções de maior escala.

Vale lembrar que, isoladamente, sendo manual ou mecânica, o tipo de colheita não determina a qualidade do produto final. A colheita manual permite uma seleção criteriosa dos melhores cachos desde o vinhedo, mas as uvas colhidas mecanicamente também podem ser submetidas a uma seleção antes de iniciar o processo de vinificação.

Outra decisão que o enólogo e o viticultor devem tomar é o período do dia em que a colheita será realizada, pois esse detalhe influencia na preservação dos cachos, principalmente no tempo de deslocamento entre o trajeto das vinhas até a adega.

Dica de leitura:  As curiosas adegas submarinas

Atualmente, muitos produtores estão optando pela colheita noturna, pois esse período traz alguns benefícios para as uvas, para o processo de vinificação e para o vinho, como uma maior preservação da acidez, dos aromas e sabores naturais da uva, entre outros.

Recomendamos para você:

( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
Escrito por: Nicole Batista

Sommelière e Bacharel em Química, fez imersão em algumas regiões vitivinícolas da Europa e América do Sul.