Enoturismo

Conheça a J.C. Le Roux

14 Janeiro 2016
  • 1473 visualizações
  • 0 comentários

A vinícola sul-africana que está na Seleção de Espumantes do mês tem muito a oferecer. Confira!

Destaque no ClubeW Espumantes deste mês, a J. C. Le Roux foi a primeira vinícola inteiramente dedicada à produção de espumantes na África do Sul, tornando-se uma das produtoras mais conhecidas do país.

São mais de 300 anos de uma história que começou em 1704, com o huguenote – termo utilizado para designar os franceses que fugiram das guerras religiosas na França e migraram para a África do Sul, onde começaram o cultivo de vinhas – Jean Le Roux. Viticultor da Normandia, Jean se estabeleceu em Stellenbosch e passou a cultivar videiras no local.

As gerações seguintes da família mantiveram o empenho no trabalho e, através do uso das tradições francesas combinadas com a mais recente tecnologia, fizeram com que a J.C Le Roux alcançasse destaque e premiações internacionais com exemplares de alta qualidade e expressão.

Dica de leitura:  África do Sul - Roteiros do vinho

Hoje, a vinícola produz um espumante único, o J. C. Le Roux Méthode Cap Classique Brut, sob a supervisão do enólogo Elounda Basson. O rótulo é inédito e todo elaborado de acordo com os preceitos do CCPA (Cap Classique Producers Association), movimento sul-africano criado em 1992 por produtores que compartilham a paixão por elaborar espumantes com a segunda fermentação em garrafa, de acordo com o Método Tradicional (ou Método Champenoise).

Além disso, a J. C. Le Roux é integrante da tradicional rota do vinho da África do Sul, organizada em 1971. A tradição em receber bem os visitantes é mais um ponto forte dessa vinícola, que encanta a todos com suas belas paisagens e hospitalidade peculiar.

A casa principal da propriedade foi reformada em 2008 e, além do restaurante e sala de degustação que já possuía, ganhou um elegante bar de ostras e mais espaço para brindes. Agora, o lugar conta até com espaço para degustações privadas.

Dica de leitura:  Como preparar um brunch com vinhos

Com tantos atrativos fica difícil não querer conhecer um local assim. Mas, enquanto a viagem não acontece nada melhor do que provar os vinhos e sentir um pouco de toda essa mordomia e conforto, no paladar.  Saiba mais aqui.

Escrito por: Bia Miranda

Redatora e revisora da Wine, além de perdidamente apaixonada – e curiosa – pelo mundo do vinho.