Enoturismo

Os bons vinhos e a boa vida de Sète

25 setembro 2018
  • 384 visualizações
  • 0 comentários

Descubra os encantos dessa charmosa cidadezinha do Languedoc, no sul da França.

Localizada na região de Occitanie, no badalado sul da França, a paradisíaca Sète é uma cidade portuária de um dos mais bonitos balneários europeus, o litoral Mediterrâneo. A posição estratégica entre o mar e o lago Thau lhe rendeu o apelido de “Veneza de Languedoc”, e a referência não é mero acaso.

O antigo porto, os canais, as pontes e as fachadas coloridas de seus prédios de fato remetem à icônica cidade italiana, mas Sète vai muito além dessas comparações. Do alto do imponente monte Saint-Clair, com seus quase 200 metros, é possível ter uma vista privilegiada da cidade e de seus arredores, um verdadeiro espetáculo da natureza.

A tradição pesqueira de Sète a tornou um desejado destino dos apreciadores de frutos do mar, e a cidade é hoje a meca desse gênero gastronômico no Languedoc.

Paraíso para visitantes em busca de sombra, água fresca, boa comida e bons vinhos – entre os quais se destacam os brancos e rosés, em função do clima quente –, o destino oferece uma bem-vinda pausa àqueles acostumados às frenéticas viagens cheias de check-lists de atrações turísticas.

Dica de leitura:  Champagne Montaudon: a nobreza dos espumantes

Um dos pontos altos da cidade é a festa de Saint-Louis, que acontece em 25 de agosto, durante o verão francês. Trata-se de um tradicional torneio de justas aquáticas, que coloca frente à frente barqueiros, cujo objetivo é derrubar o oponente na água com uma espécie de lança medieval. O duelo é seguido por uma intensa queima de fogos de artifício.

Os mais de 12 quilômetros de praias definitivamente não são a única opção de lazer de Sète. O Museu Internacional das Artes Modestas é uma curiosa atração: em vez de oferecer os clássicos das artes, o espaço é focado em objetos do dia a dia, como itens religiosos, pratos de porcelana, arranjos de mesa etc.

Outra boa pedida são os passeios de barco que, entre abril e novembro, saem da Pont de la Savonnerie e oferecem vistas incríveis do balneário, além de visitas às fazendas de ostras. E, lá no alto do morro Sant-Clair, ainda tem a capela Notre Dame de la Salette, de estilo clássico. Sète ainda é a cidade natal do famoso cantor Georges Brassens e do poeta Paul Valéry, motivos de orgulho local.

Dica de leitura:  7 vinhos Malbecs para iniciantes ou experientes

Escrito por: Autor Convidado