Enoturismo

Valle Central – Chile

06 Abril 2018
  • 16165 visualizações
  • 0 comentários

Uma das regiões chilenas mais conhecidas e apreciadas no mundo do vinho, o Valle Central é o maior produtor vitivinícola da América do Sul.

Valle Central, uma das regiões mais conhecidas do mundo do vinho, dá origem a rótulos apreciados nos quatro cantos do planeta.

Como uma nova região vinícola mundial, com 2.700 milhas de litoral ao longo do gelado Oceano Pacífico, o Chile produz vinhos que são, entre diversas características, frutados e herbáceos, algumas vezes semelhantes ao vinho francês.

Portanto, não é de se admirar que os produtores de vinhos de Bordeaux tenham investido pesadamente em algumas regiões, tornando o país sua casa, longe de casa.

A viticultura no Chile

Em geral, os vinhedos do Chile são plantados em terras planas e férteis, onde a água está prontamente disponível, seja naturalmente ou por meio de irrigação, de modo que os sistemas radiculares das videiras são relativamente rasos.

Com um clima e uma topografia particularmente variados, o Chile esteve por muito tempo associado a vinhos confiáveis e barato. Porém, uma nova geração está começando a mostrar que pode produzir mais do que pechinchas.

Dica de leitura:  Série uvas – Malbec

O conhecido Valle Central

O Valle Central é uma das mais importantes áreas produtoras de vinho da América do Sul em termos de volume. Sem dúvidas, uma das mais antigas e prestigiadas áreas de produção do país andino.

É uma das seis regiões vinícolas do Chile oficialmente identificadas como tal, como previsto pelo Decreto nº Agricultura 464, de 14 de dezembro de 1994, que estabelece o zoneamento vitícola do país e estabelece normas para o uso das denominações de origem.

A região vitivinícola do Valle Central se estende da província administrativa de Chacabuco, na região metropolitana de Santiago, para as províncias administrativas de Linares e Cauquenes na Região Maule.

Os terroirs do Valle Central

O Valle Central é uma área plana, localizada na Cordilheira Litoral e Los Andes, caracterizada por seus interessantes solos de argila, marga, silte e areia, que oferece ao produtor uma extraordinária variedade de terroirs.

Dica de leitura:  Grand Vin Wine

Excepcionalmente adequada para a viticultura, o clima da região é mediterrâneo e se traduz em dias de sol, sem nuvens, em um ambiente seco.

A coluna de 1400 km de vinhas é resfriada devido à influência gelada da corrente de Humboldt, que se origina na Antártida e penetra no interior de muito mais frio do que em águas da Califórnia. Outra importante influência refrescante é a descida noturna do ar frio dos Andes.

Os vales do Valle Central

Maipo

Incluindo Santiago, Talagante, Pirque, Puente Alto, Ilha de Maipo, Buin.

Rapel

Incluindo Cachapoal, Colchagua

Curicó

Incluindo Teno, Lontué

Maule

Incluindo Talca, San Clemente, San Javier, Parral , Linares, Cauquenes

Recomendamos para você:

( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
Escrito por: Taimmy Rodrigues

Sommelière, capixaba, com formação em História, Alta Gastronomia e em vinhos pela WSET.