Harmonização de A a W

Caldos e vinhos

08 agosto 2018
  • 3376 visualizações
  • 0 comentários

No inverno, as temperaturas mais baixas combinam perfeitamente com um bom caldo, não é? Confira os vinhos que harmonizam com os caldinhos mais deliciosos.

Quem resiste a um delicioso caldo? Sabemos que o clima no Brasil é bem diversificado, mas existem cidades que registram temperaturas mais baixas durante o inverno.

E, durante esse contexto, é normal buscarmos receitas para aquecer, como os caldinhos. Você já experimentou essas delícias com vinho? Se ainda não, confira as nossas dicas de harmonização com alguns sabores de caldos.

Caldo verde

Muito consumido no inverno, principalmente durante as comemorações de São João, o caldo verde é muito apreciado pelo brasileiro. Esse clássico da cozinha portuguesa possui cremosidade, proveniente da batata, uma leve crocância da couve e sabores defumados dos embutidos, como a linguiça.

Os tintos frutados, com boa acidez e corpo de leve para médio, e os vinhos brancos com boa acidez e presença em boca são os indicados para acompanhar essa receita, como o Bobal deSanjuan Viñas Viejas D.O.P. Utiel-Requena 2016 e o Finca Constancia Parcela 52 Verdejo 2014.

Dica de leitura:  Mitos e Verdades sobre Vinho

Caldo de feijão

Um dos caldos mais aclamados pelos brasileiros, o caldo de feijão ganha untuosidade com ingredientes como a linguiça, o bacon e o paio. Além desses complementos, ainda existem os temperos verdes que dão um sabor especial.

Algumas receitas também contam com torresmo crocante, agregando uma textura diferente ao prato. Para harmonizar, o ideal são vinhos com boa acidez, no caso dos tintos prefira os com corpo leve, já os brancos, opte por um com amadurecimento em barricas de carvalho, como o Toro Loco D.O.P. Utiel-Requena Tempranillo 2016 e o Burmester Reserva D.O.C. Douro Branco 2016.

Caldo de feijão

Caldo de camarão

Com uma cremosidade proveniente da mandioca utilizada na receita, esse prato também conta com temperos verdes. Seu estilo leve e delicado combina muito bem com vinhos rosés e brancos que tiveram algum contato com madeira. Se preferir os vinhos tintos, é bom eleger um rótulo jovem, frutado e com boa acidez. Combinam muito bem: Le Rosé de S. 2017 e Partridge Flying Chardonnay 2017.

Dica de leitura:  4 momentos do vinho no cinema

Caldo de camarão

Péla-égua/Canjiquinha

Conhecido por nomes diferentes, dependendo da região do Brasil, esse cremoso caldo possui costelinha e embutidos, esses últimos agregam um sabor defumado a receita. Para equilibrar a untuosidade desse prato é indicado harmonizar com vinhos tintos com boa acidez, taninos macios e médio corpo, com o Barahonda Campo Arriba 2016 e o Canepa Novísimo Cabernet Sauvignon 2017.

Canjiquinha

Recomendamos para você:

( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
Escrito por: Nicole Batista

Sommelière e Bacharel em Química, fez imersão em algumas regiões vitivinícolas da Europa e América do Sul.