Curiosidades

Os inimigos da conservação do vinho

25 setembro 2017
  • 2329 visualizações
  • 1 comentários

Para nossa bebida favorita expressar todo o seu potencial, é preciso saber conservá-la da maneira correta. Conheça os inimigos da conservação do vinho.

Existem fatores ambientais que tem uma influência muito séria no conservação do vinho e você deve estar muito atento a eles para evitar um desprazer ao abrir suas garrafas.

O vinho é um produto sem prazo de validade, mas é costume que se faça uma estimativa de guarda para ele, a qual indica um período durante o qual ele estará em boas condições de consumo. Aliás, essa estimativa não é uma ciência exata, portanto não há garantias, mas de qualquer forma servirá como um parâmetro. Aqui falamos um pouco sobre esse assunto.

Outro fato importante é que, graças às modernas tecnologias de produção, a grande maioria do volume de vinhos produzidos atualmente é para ser consumida ainda jovem, geralmente, em até cinco anos. São raros os chamados vinhos de guarda, que necessitam de anos para atingir o seu melhor momento de consumo.

Se você estiver atento à estimativa de guarda de cada um dos seus vinhos, ainda terá que preocupar-se com os fatores ambientais que podem interferir na evolução dele dentro da garrafa. Os fatores mais preocupantes são: temperatura, umidade, luz e vibrações.

Dica de leitura:  Gelo no vinho, será que pode?

Temperatura

Tradicionalmente considera-se que aproximadamente 13°C seja uma temperatura ideal para a conservação do vinho, evitando os efeitos dos excessos de calor ou frio e variações bruscas frequentes. Ela se baseia nas temperaturas médias constantes encontradas nas adegas subterrâneas e porões onde historicamente se conservam vinhos na Europa.

O excesso de calor, por exemplo, acelera de tal forma o envelhecimento do vinho que pode reduzir uma estimativa de guarda de anos para meses, desenvolvendo característica negativas, bem diferentes das que se desenvolvem quando ele envelhece lentamente.

Umidade

75% de umidade no ambiente é o valor médio que proporciona o bom envelhecimento. Excesso de umidade pode desenvolver, por exemplo, contaminações microbianas nas rolhas de cortiça (fungos, etc), já a falta de umidade pode ressecar estas rolhas, reduzindo sua elasticidade e capacidade de vedação, possibilitando que o oxigênio adentre a garrafa causando a oxidação do vinho.

Dica de leitura:  O que é terroir?

Luz

É comum vermos os vinhos envazados em garrafas escuras, pois a exposição à luz é outro fator que provoca um envelhecimento desfavorável do vinho. A luz ultravioleta, por exemplo, penetra até nas garrafas de vidro escuro degradando os compostos orgânicos e afetando a cor, os aromas, os sabores e a estrutura do vinho. Quanto mais escuro o ambiente, melhor para a guarda das garrafas.

Vibrações

As vibrações agitam as moléculas do líquido e os sedimentos na garrafa, caso os tenha, podendo provocar reações químicas não agradáveis no interior dela. Por isso, mantenha seu estoque armazenado longe de fontes de trepidações fortes e consistentes (proximidade de máquinas, abaixo de escadas, barulho intenso e constante, ruas muito movimentadas, etc).

Como podemos ver, armazenar vinhos requer atenção e cuidado para que possamos apreciá-los adequadamente. Agora que você já sabe como fazer, busque no mercado a solução adequada, entre as várias à disposição, para melhor armazenar o seu estoque, e divirta-se!

Recomendamos para você:

( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
Escrito por: Lucas Cordeiro

Sommelier, paulistano, com formação pela ABS-SP e WSET, e mais de 10 anos de experiência em vinhos.