Sommelier Wine

Série uvas – Chardonnay

23 Maio 2018
  • 2140 visualizações
  • 0 comentários

A série uvas de hoje traz como tema a Chardonnay, a segunda casta branca mais cultivada no mundo e conhecida por muitos como a rainha das uvas brancas. Confira.

Originária da Borgonha, na França, a Chardonnay é considerada a rainha das uvas brancas. Essa variedade ocupa o segundo lugar no ranking das uvas brancas mais cultivadas do mundo, abrangendo cerca de 210 mil hectares distribuídos por 41 países. Entre os principais produtores dessa casta está a França, a Itália, a Espanha, os Estados Unidos, a Austrália e o Chile.

Essa casta pertence a uma família chamada Noirien e surgiu do cruzamento da Pinot Noir com a Gouais Blanc. Um fato curioso é que o nome dessa uva vem de uma aldeia localizada na Borgonha, a aldeia Chardonnay.

Devido à versatilidade, é possível utilizar a Chardonnay em diferentes técnicas de vinificação e originar vinhos de tipos e estilos diferentes, como espumantes, brancos que podem ir dos mais leves aos mais encorpados, até os brancos doces. A estrutura dessa uva a destaca de outras castas brancas, pois ela tem potencial para ser vinificada e amadurecida em barricas de carvalho.

Dica de leitura:  Vinhas velhas

As características dela podem mudar não só devido às técnicas de vinificação, mas principalmente ao terroir em que é cultivada. Em regiões de clima frio, os vinhos elaborados com a Chardonnay podem ter aromas de frutas frescas e cítricas, já em regiões com climas mais quentes, os aromas evoluem para frutas maduras e tropicais.

Essa variedade que se adapta com facilidade a diferentes tipos de terroir, se destacando em diversas Denominações de Origem, como Champagne, Chablis, Meursault, Montrachet, entre outras.

Chardonnay Day

A importância dessa uva para a vitivinicultura mundial é tão grande que foi criado um dia só pra ela, o Chardonnay Day, comemorado em 24 de maio. Para comemorar essa data várias vinícolas e organizações de vinho promovem degustações e eventos ao redor do mundo, destacando os vinhos elaborados com a Chardonnay.

Dica de leitura:  Série uvas – Pinot Noir

Mas não vamos nos prender a nenhuma data, a versatilidade dessa uva é imensa, e precisamos degustar diversos rótulos para aprender sobre as diferentes faces dessa variedade.

Recomendamos para você:

( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
Escrito por: Nicole Batista

Sommelière e Bacharel em Química, fez imersão em algumas regiões vitivinícolas da Europa e América do Sul.