Sommelier Wine

Vinho Suave

04 junho 2018
  • 13312 visualizações
  • 0 comentários

Você sabe o que caracteriza o vinho suave? Também chamado de doce, esse tipo de vinho tem uma quantidade de açúcar maior do que a dos vinhos secos. Saiba mais.

Vinho suave. Você sabe dizer, em poucas palavras, o que caracteriza esse tipo de vinho? Se você fez associação com a doçura do líquido, acertou em cheio. Também chamados de doce, o vinho suave tem uma concentração de açúcar maior do que o seco.

Fáceis de beber e de agradar, sobretudo para enófilos iniciantes, esse tipo de vinho tem o sabor adocicado bem presente, além de taninos, corpo e acidez mais sutis. Sendo assim, costuma ser a primeira escolha de quem está dando os primeiros passos no mundo do vinho.

A classificação de cada vinho varia de país para país. Por aqui, segundo o decreto Nº 8.198, de 20 de fevereiro de 2014, da Legislação Brasileira, o vinho classificado como suave ou doce é o que contém mais de vinte e cinco gramas de glicose por litro. Para os vinhos de Vitis vinifera, o limite máximo é de oitenta gramas de glicose por litro.

Dica de leitura:  O doce Vinho de Palha

Tipos de Vinho Suave

Vinho Suave Fino

O vinho suave fino é elaborado com as uvas Vitis viniferas, que, ao contrário do que muita gente pensa, não dá origem a apenas vinhos secos. Dessa forma, há vinhos suaves feitos de uvas mais famosas, como a Cabernet Sauvignon, a Pinot Noir, a Merlot, a Chardonnay.

De uvas americanas (Vitis labrusca)

Os vinhos elaborados com a Vitis labrusca são aqueles conhecidos como “de garrafão”, que agora vem ganhando destaque com pequenos produtores, principalmente no sul do país.

Não confunda Vinho Suave com Vinho Licoroso

Vinho suave não é sinônimo de vinho licoroso! Nem todo vinho licoroso é suave/doce, de acordo com a Legislação Brasileira, por mais que o paladar possa se revelar adocicado. Por exemplo: quando o exemplar tiver até 20 g/L de glicose por litro, ele será um licoroso seco, por mais que possa apresentar paladar mais adocicado.

Dica de leitura:  Série uvas - Carménère

Harmonização com Vinho Suave

Pelo maior teor de açúcar residual, é mais difícil harmonizar esse tipo de vinho, mas você pode combinar com a sua comida favorita, fazendo valer a regra de ouro: o gosto pessoal acima de tudo.

Porém, ele fica mais interessante com algumas sobremesas, pratos mais adocicados, os agridoces também (ao harmonizar por similaridade) ou mais salgados, como os queijos azuis (ao harmonizar por contraste).

Recomendamos para você:

( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
( )
R$##,##
Sócios ClubeW: R$##,##
CONFIRA
Escrito por: Taimmy Rodrigues

Sommelière, capixaba, com formação em História, Alta Gastronomia e em vinhos pela WSET.